Home > Imprensa > Notícias
05 de outubro de 2022
Ator e palhaço Marcio Libar faz palestra no Quintas do Carmo sobre metodologia de autoconhecimento
Facebook Twitter
Ator e palhaço Marcio Libar faz palestra no Quintas do Carmo sobre metodologia de autoconhecimento

O Centro Cultural da PGE-RJ recebeu, nesta terça-feira (04/10), o ator e palhaço Marcio Libar para conversar sobre o tema “Jamais Serás Quem Tu Não És”, em mais uma edição da série Quintas do Carmo.


Apresentando o convidado, o Procurador-Geral Bruno Dubeux destacou a influência do trabalho de Marcio Libar para ajudar a humanizar o ambiente de trabalho na Procuradoria e lembrou que ele foi a inspiração para a criação do Laboratório de Qualidade de Vida da PGE, em 2021. E registrou a presença do ator, produtor e fundador do Circo Voador, Perfeito Fortuna.


Em sua palestra, Marcio Libar agradeceu as palavras elogiosas do Procurador-Geral e explicou como a experiência de atuação como palhaço ajudou no desenvolvimento de uma metodologia que tem ajudado atletas de alto rendimento e lideranças do mundo corporativo, além da classe artística.
– O artista em geral está sempre em transformação. O teatro é um estudo da alma humana. Como diretor, pesquisei e moldei minha própria metodologia. Isso atingiu muita gente. Foi quando me dei conta do tamanho do meu trabalho - resumiu.


Com 35 anos de carreira, seus cursos, palestras e workshops já atenderam atores como Ingrid Guimarães, Luana Piovani, Suzana Pires, Stenio Garcia, Paulo Betti, e Marieta Severo, entre outros. E atletas como Anderson Silva, Rogério Minotouro, além de diversos “Faixas Pretas” de Jiu Jitsu.


Contudo, apesar das diferentes pessoas que o procuram e do alto grau de pressão a que estão expostas, o ator afirmou que todos têm basicamente os mesmos medos: de falhar, de não pertencer e de não se sentir amado.


E lembrou do espanto que causou quando falou aos jogadores do Flamengo que eles seriam derrotados, e que deveriam aceitar as imperfeições, o erro e a vulnerabilidade como elementos estimuladores da potência.
Segundo o ator, a falta de treino emocional favorece o surgimento de depressão, suicídio, e, para exemplificar, comparou a gratidão com a prática de exercícios físicos, defendendo o exercício continuo para manter-se saudável.


Ao final, para dar uma amostra do trabalho que é feito nas suas imersões, propôs ao auditório uma pequena dinâmica para que cada um pudesse reconhecer as angústias e dores emocionais.
O Procurador-Geral, Bruno Dubeux, agradeceu a disponibilidade do ator e lembrou que a palestra atingiu o objetivo de proporcionar aos participantes momentos de autoconhecimento e aceitação.

Galeria de Imagens


Endereco Rua do Carmo, 27, Centro Rio de Janeiro
Acompanhe as ações da PGE-RJ também nas redes sociais YouTube Facebook Twitter