Home > Imprensa > Notícias
28 de abril de 2022
PGE-RJ sedia Workshop e Firma Parceria entre Escola da Magistratura e Centro de Estudos Jurídicos
Facebook Twitter
Claunir Tavares
PGE-RJ sedia Workshop e Firma Parceria entre Escola da Magistratura e Centro de Estudos Jurídicos

A Procuradoria Geral do Estado (PGE-RJ) sediou, nesta quinta-feira (28/4), o quarto encontro do “I Workshop EMERJ e CEJUR-PGE: Diálogos Institucionais entre o Poder Judiciário e a Procuradoria Geral do Estado”, uma parceria entre a Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ) e o Centro de Estudos Jurídicos (CEJUR) da PGE. O workshop começou na segunda-feira (25) no auditório Desembargador Paulo Roberto Leite Ventura, da EMERJ e, nesta quinta-feira, foi realizado no auditório Machado Guimarães, na PGE.

O Procurador-Geral do Estado, Bruno Dubeux, abriu o evento saudando a Desembargadora Cristina Tereza Gaulia, diretora-geral da EMERJ, o Desembargador Marco Aurélio Bezerra de Melo, diretor da EMERJ, o Procurador-Chefe do CEJUR, Anderson Schreiber, o Desembargador Jesse Torres Pereira Nunes, um dos palestrantes do dia, o ex-Procurador-Geral Rodrigo Zambão, outro palestrante do workshop, e o Subprocurador-Geral Flavio Willeman.

O Procurador-Geral destacou a sua satisfação de celebrar a parceria com a EMERJ e registrou que já está em andamento a busca por soluções para os desafios apontados no primeiro encontro do workshop, sobre o tema “Direitos previdenciários e massificação de demandas: possíveis soluções”.

O Procurador-Chefe do CEJUR, Anderson Schreiber, agradeceu pelo apoio do Procurador-Geral a todos os eventos promovidos pelo Centro de Estudos Jurídicos, e enalteceu o trabalho da Desembargadora Cristina Gaulia à frente da EMERJ e cumprimentou o Desembargador Marco Aurélio de Melo, a quem atribuiu a ideia de realizar o workshop em parte no auditório da EMERJ e parte na PGE. E anunciou que as duas instituições já estão elaborando um segundo workshop ainda este ano.

A Desembargadora Cristina Gaulia destacou sua satisfação em ver um auditório cheio de alunos e lembrou que a pauta que inspirou a organização do workshop incluiu trabalhar a ideia de que todos precisam a aprender a ouvir o outro. Afirmou que a melhor maneira de se lhe dar com conflito é ouvir e dialogar. E anunciou que a EMERJ e o CEJUR vão convidar os ministros do STJ e do STF para participar dos próximos workshops.

O Desembargador Marco Aurélio de Melo saudou a iniciativa do termo de cooperação entre as duas instituições para disseminar o ensino jurídico voltado para o serviço público, estimulando a concepção de servidor público tanto na Magistratura quanto na advocacia pública.

Ao final da abertura do workshop, foi assinado um termo de cooperação entre as duas instituições, com o objetivo de promover a mútua cooperação acadêmica e técnica com a finalidade de integração institucional, com ênfase na pesquisa jurídica e realização de atividades acadêmicas e culturais conjuntas, como fóruns, eventos, conferências, seminários, encontros, debates, workshops e palestras, destacando-se a pesquisa, a produção e a divulgação de conhecimentos jurídicos.

O Workshop desta quinta-feira foi dedicado ao tema “Nova Lei de Licitações: Quais Inovações Podem Gerar Litígrios?”, com palestras do Desembargador aposentado Jesse Torres Pereira Nunes e do Procurador do Estado Rodrigo Zambão.

Na sexta-feira será a vez do tema “Responsabilidade Civil do Estado: Qual o Papel da Chamada Reserva do Possível?”, com palestras do Subprocurador-Geral Flavio Willeman e da professora Taís Marçal.

Galeria de Imagens


Endereco Rua do Carmo, 27, Centro Rio de Janeiro
Acompanhe as ações da PGE-RJ também nas redes sociais YouTube Facebook Twitter